GES - Gabinete de Emergência Social - ANIS

GABINETE DE EMERGÊNCIA SOCIAL

Respostas e soluções rápidas a problemas sociais de emergência, com gestão de fundo financeiro autónomo de emergência social.

RELATÓRIO RESULTADOS SOCIAIS DE EMERGÊNCIA
(2014 / 2015 / 2016 /2017)

147.144 BENEFÍCIOS​

Medicamentos: 785
Tratamentos médicos, dentários e oftalmológicos: 28

Refeições confecionadas: 131.053

Sopas reforçadas para sem abrigos: 2350

Sopas reforçadas para sem abrigos: 2350

Rendas de habitação: 12
Aluguer de quartos: 4
Mudanças situação de despejo: 6
Acolhimento na residência de emergência: 30
Faturas de água, luz e gás: 80
Bilhas de gás: 31
Cabazes alimentares e packs de emergência: 3819
Transporte de urgência: 43
Apoios financeiros: 65
Bens de 1ª necessidade (inclui vestuário, produtos e artigos de bebé, ajudas técnicas): 8838

* Resultados auditados. * Não incluem outras respostas, atividades e benefícios efetuados pela Associação, não considerados em contexto de emergência.

O Gabinete de Emergência Social dá respostas e soluções rápidas aos problemas sociais da população.
Este gabinete conta com o apoio de um grupo de voluntários e de um fundo de financiamento autónomo de emergência social. 
Os pedidos de ajuda chegam à Agência Nacional de Intervenção Social através de entidades e organismos oficiais com competência para fazerem a avaliação detalhada dos pedidos de ajuda.

Numa resposta social de enorme alcance e abrangência, nas mais diversas solicitações de intervenções de ajuda comunitária que nos chegam, das quais destacamos:

  • Ajuda financeira para pagamentos de:

– emissões de cartão de cidadão, taxas de títulos de residência;

– faturas de água, luz e gás em corte;

– bilhas de gás;

– medicamentos;

– tratamentos médicos e cirurgias não comparticipada;

– materiais e tratamentos dentários;

– óculos graduados e produtos oftalmológicos;

– serviços de enfermagem;

– rendas em atraso;

– aluguer de quartos;

– mudanças em situação de despejo;

– passes sociais;

– bilhetes de transporte para idas a consultas, visitas a familiares detidos ou acolhidos e entrevistas de empregos;

  • Compra e doação de livros escolares e material didático.
  • Compra e doação de brinquedos e material didático.
  • Compra e doação de equipamentos para deficientes (exemplo: cadeiras de rodas).
  • Doação de cabazes alimentares, packs de emergência alimentar, vouchers de refeição.
  • Doação de móveis, eletrodomésticos e brinquedos.
  • Doação de vários tipos de vestuário (roupa de cama e roupa de frio para os sem abrigo), doação de carrinhos, camas, berços, produtos bebé e enxovais.